Notícias | Biblioteca de Marvila
10-03-2015

A Quinta das Fontes, situa-se no sector sudeste de Chelas, sendo uma das Quintas que, na sequência de um trabalho realizado pelo VALIS em 1992, a Câmara Municipal de Lisboa decidiu preservar pelo seu valor patrimonial tendo em vista a possibilidade da sua posterior utilização de forma compatível com a sua localização e estrutura interna. 

A sua localização entre os novos Bairros Marquês de Abrantes e dos Alfinetes, com excelente acessibilidade através de transportes públicos, da estação anexa de caminho-de-ferro e do eixo pedonal da Azinhaga dos Alfinetes (outrora chamada Azinhaga das Fontes), esteve na base da decisão de a adaptar a uma Biblioteca considerada prioritária no âmbito do Programa Biblioteca XXI, a fim de constituir um pólo de desenvolvimento fundamental na área de expansão da cidade em que se integra.

Verificou-se que para além do seu valor como memória, o território da quinta e as suas edificações, embora bastante degradadas, ofereciam as condições suficientes nomeadamente sob o ponto de vista construtivo, para poderem ser recuperadas e adaptadas a diversos usos, dispondo ainda de uma área exterior que permitia satisfazer os requisitos dimensionais de um programa inovador para corresponder às necessidades culturais, assistenciais e de aprendizagem das comunidades locais.

A expansão da Biblioteca, que agora se apresenta, designada por BIBLIOTECA DE MARVILA, tem por base um Programa Funcional definido pela Divisão de Gestão de Bibliotecas da Direção da Cultura da Câmara Municipal de Lisboa.

Com todos os direitos reservados da Constrope-Congevia, Engenharia e Construção, S.A. - © 2011 design binário